Por que registrar uma marca?

Por que registrar uma marca?

registro de marca é o que garante que você tenha exclusividade sobre o nome de um serviço, um produto, ou ainda um logotipo. Essa exclusividade abrange todo o território nacional.  

Você deve fazer porque é a obtenção do registro que irá garantir a proteção jurídica da sua marca. E o que isso significa? Significa que ela estará protegida contra cópias e uso indevido por terceiros

Ah, beleza. Mas como eu sei em que momento devo registrar uma marca, onde, como funciona e quanto custa? 

Calma que é mais fácil do que você imagina e eu vou te explicar tudo neste texto. Vem comigo! 

O que é o registro de marca? 

A sua marca é aquele nome e/ou imagem que você escolheu para representar seu negócio e identifica um produto ou serviço. 

O registro dela deve ser realizado no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). Esse é o órgão oficial do Governo que fica responsável pelo registro de marcas e patentes em todo o Brasil. 

A partir do deferimento do processo de registro, a marca passa a ser sua propriedade e nenhuma outra empresa no país inteiro poderá fazer uso dela.  

Ou seja, se você é uma marca mineira, como a Check Registros, e tem sua marca registrada, não poderá existir outra de mesmo nome em Fortaleza ou qualquer outra cidade brasileira. 

Em tempos de negócios digitais e da facilidade de plágio, isso é um grande alívio, não é mesmo?  

Curiosidade: Sabe aquele (®) que aparece na logo de algumas marcas e que alguns perfis no Instagram possuem? Ao registrar uma marca, você também terá direito a utilizar! Olha o exemplo da Adidas utilizando o ®:

Por que devo registrar uma marca? 

Vejamos alguns exemplos: AppleCoca-ColaShopping IguatemiRede GloboBombrilCheck Registros são marcas registradas. Como dissemos acima, nenhuma outra empresa pode utilizar esses nomes para fins comerciais. 

Isso porque ao realizar o registro de marca, você está resguardando um dos bens mais preciosos do seu negócio. Assim, qualquer pessoa que tente copiá-la pode até ser notificada judicialmente. 

Esse é o principal motivo pelo qual todo negócio deve registrar sua marca: para proteger o que é seu e não correr riscos

Posso citar outros motivos: 

  • exclusividade: apenas você pode utilizá-la 
  • identificação: seus usuários vão associar seus produtos/serviços com sua marca 
  • credibilidade: você passa mais segurança e credibilidade para as pessoas 
  • conformidade: certifica que produtos e serviços estão de acordo com normas ou especificações técnicas determinadas pela Lei nº 9.279, de 14 de maio de 1996 
  • franquia: somente marca registrada pode franquear seu negócio, tendo a possibilidade de crescer e multiplicar seus lucros 
  • licenciamento: se sua marca cresce e atrai tamanha atenção, você pode permitir a exploração dela por outras empresas 

Independentemente do tempo de existência e tamanho da sua empresa, é muito importante fazer esse registro. Vale para quem está começando a empreender, MEI e até para os que já estão consolidados no mercado.  

Imagine descobrir de repente que você não pode usar mais a marca que escolheu e que já é reconhecida pelo seu público? 

Lembre-se: você não é dono da marca se não a registrar. A marca é de quem registra primeiro! 

Como funciona? 

Uma das dúvidas mais comuns entre empreendedores é sobre como funciona o registro de marca. Você já tem tantas coisas para pensar e se ocupar a fim de fazer seu negócio crescer que é normal não dominar completamente esse assunto. 

Mas não se preocupe que é por isso que existem empresas como a Check, para proteger o que é seu e cuidar de todo o processo de registro de marca para você. 

Você sabia que é possível fazer o processo para registrar uma marca de forma totalmente online? Isso mesmo!  

O primeiro passo é descobrir a disponibilidade do nome que deseja registrar. Ou seja, se ele não foi registrado antes por outra empresa. Acredite, isso pode acontecer! 

Quer saber se sua marca está disponível para registro? Preencha esse formulário e nós faremos a pesquisa de viabilidade (gratuita) para você! 

Se ele estiver liberado, é preciso dar início ao processo de registro no INPI.  

processo dura em média de 6 a 12 meses e deve ser acompanhado semanalmente para não haver perda de prazos. O ideal é ter um profissional especializado no assunto para fazer isso e você não ter de se preocupar. 

Caso não haja nenhuma oposição ou impedimento legal, seu pedido será deferido. Pronto! É nesse momento que a marca passa a ser de exclusividade sua. 

O registro de marca é válido por 10 (dez) anos e pode ser renovado novamente, com o pagamento da taxa de renovação do INPI.  

E quanto custa registrar uma marca?

A primeira coisa que você precisa ter claro é que os custos são um investimento de longo prazo e não uma despesa.  

Para dar entrada no processo de registro de marca, é preciso pagar a primeira taxa do INPI que refere-se ao protocolo do pedido. Ela tem o valor de R$142,00 para PF – pessoa física, MEI – microempreendedor individual, ME – microempresa e EPP – empresa de pequeno porte, e R$355,00 para as demais empresas.  

Além disso, tem o valor do acompanhamento feito por um profissional da área jurídica especializado em registro de marcas. Há diversas empresas que realizam esse tipo de serviço e você deve estar atento ao contratar para garantir a idoneidade e transparência no serviço prestado. 

A Check, por exemplo, faz todo o acompanhamento do seu pedido de concessão de registro de marca. E somos referência pelo nosso atendimento (confira nosso Instagram para ver os depoimentos de clientes). Nós cobramos R$ 947,00 à vista, que é um valor inferior ao praticado no mercado, como você mesmo pode conferir com uma rápida pesquisa entre a concorrência. 
 

Deu para perceber a importância de registrar uma marca para seu negócio, né? Vai muito além de proteção do seu patrimônio, também lhe agrega valor e credibilidade. 

Ainda tem dúvidas sobre registro de marca? Deixe nos comentários!