Reputação, imagem e registro de marca: qual a relação entre eles?

Para quem está começando um negócio, pode parecer complexo pensar na relação entre a reputação de marca e como a gestão eficiente dela é importante para a preservação da sua imagem. Porém, vamos trazer elementos do seu dia a dia para tornar o entendimento mais fácil.  

Você sairá deste artigo sem dúvidas de como uma coisa está diretamente ligada à outra e com vontade de colocar o que aprenderá aqui em prática.  

De antemão, tenha em mente que a reputação é algo que se constrói com o tempo. Além disso, ela está relacionada à forma como a empresa se posiciona e à visão que as pessoas têm sobre ela. Continue para entender melhor! 

Qual a diferença entre reputação e imagem da marca? 

A reputação de uma marca está relacionada com a construção da sua relação com o mercado. Também tem a ver com a história, os valores e os propósitos dessa organização; tudo isso vai se desenvolvendo e sendo mostrado para as pessoas de forma linear.  

É difícil, por exemplo, falar da reputação de uma empresa que está no mercado há um mês, pois ainda não houve tempo suficiente para construir referências.  

Em outras palavras, a reputação é o conjunto de imagens que as pessoas têm de uma organização ao longo de sua trajetória. Essa percepção pode ser positiva ou negativa. Porém, reputação é algo frágil.  

Mesmo com muitos anos de trabalho fazendo um bom marketing, a imagem de uma empresa pode ser abalada em pouco tempo. Principalmente agora, com a explosão das redes sociais, qualquer ação repercute é facilmente e chega a milhares de pessoas em minutos. 

Já a imagem da marca refere-se às primeiras impressões e experiências que o cliente tem com essa marca. Ele terá uma boa imagem, por exemplo, quando receber um bom atendimento, perceber que o serviço foi bem prestado ou algum aspecto que o atraiu até o local, entre outros fatores. 

Aqui, mesmo sem saber a reputação da empresa, esse cliente teve uma boa impressão da marca. O contrário também vale: se ele tivesse uma má primeira impressão, isso não seria sinônimo de que a marca também teria uma má reputação. 

Gestão de marca 

Dentro desse contexto, ainda temos um termo muito importante e que conecta a reputação e a imagem da marca de uma empresa, que é o branding ou brand management. Ele significa gestão de marca. 

branding tem como foco a gestão estratégica da marca para torná-la cada vez mais desejada e relevante nas vida das pessoas, bem como deixar imagens positivas no mercado. E, a partir disso, construir uma boa reputação.

Como o branding ajuda em uma gestão de crise? 

Quer um exemplo de como reputação, marca e branding estão interligados?

Ainda que você não seja espectador assíduo do Big Brother Brasil, certamente já ouviu falar em uma das participantes mais polêmicas da edição 21: Karol Conká.

Karol Conká foi uma das participantes mais polêmicas de todas as edições do BBB.
Direitos autorais: © 2012 Lucas Costa

O que você ouviu falar sobre a personagem, provavelmente, envolvia aspectos negativos de sua conduta dentro do reality show. Por isso, escolhemos esse caso para ilustrar como uma crise de imagem pode afetar uma reputação e como o branding é importante. 

Karol já tinha sua marca pessoal e uma carreira de cantora e compositora consolidada antes de participar do programa. Ao longo do tempo, construiu uma boa reputação no mercado. Tanto é que havia feito parcerias de trabalhos com contratos prévios. 

Com a má repercussão no reality, houve abalo na sua imagem, perda de contratos e o famoso “cancelamento. Após a sua saída do BBB, sua assessoria administra uma gestão de crise de imagem por meio de várias ações estratégicas de branding. Tudo com foco em reaver todo o prejuízo emocional e financeiro. Viu como a reputação é algo frágil? 

O que fortalece uma marca? 

Da mesma forma que as marcas estão expostas às crises de imagem e precisam reconstruir a sua reputação no mercado, existem maneiras de fortalecer uma marca e prepará-la para os gargalos que podem surgir. Veja o que é possível fazer.  

Entregar valor para as pessoas 

Muito além de consumir um produto ou serviço, as pessoas querem viver experiências e se conectar com marcas que façam sentido na vida delas, e que, também, estejam alinhadas com seus valores e visão de mundo. E isso acontece em empresas de qualquer segmento ou porte. 

Por exemplo, o cliente que vai até uma loja de roupas não deseja apenas comprar peças e sim, resolver o seu problema — encontrar algo para dar de presente, ter opções que não encontrou em outras lojas, entre outros. E isso com a melhor experiência possível: contar com o interesse genuíno do atendente em lhe ajudar, a simpatia, o diálogo, entre outros. 

Cumprir o que é prometido 

Nada mais frustrante para o consumidor do que não receber aquilo que se prometeu como produto ou serviço, concorda? Essa é uma péssima experiência para o cliente e pode resultar em consequências ainda piores para a empresa. Afinal, a imagem da marca será impactada com a propaganda negativa. 

Investir em uma boa propaganda  

A propaganda aqui não se refere, exclusivamente, a investimentos financeiros na sua marca, e sim, à propaganda do serviço com ações comuns: tendo atenção à apresentação pessoalaproveitando as oportunidades para divulgação, mantendo o negócio limpo, organizado e bem apresentado, entre outras medidas simples de se adotar. 

Já imaginou um profissional de odontologia que se apresenta para seus clientes deixando a desejar no seu principal cartão de visitas: seus dentes e sua saúde bucal? Ele não faria uma boa propaganda dos seus serviços se apresentasse dentes amarelados e falta de cuidado pessoal, certo? 

Utilizando novamente o BBB como referência, agora de maneira positiva, podemos destacar participantes que souberam aproveitar a visibilidade e viraram verdadeiras marcas pessoais nacionalmente conhecidas. Como exemplo, podemos citar Sabrina SatoGrazi MassaferaMayra Cardi e Juliette Freire, que vem sendo cobiçada por gigantes do mercado

Registrar a marca  

Ao registrar a sua marca, você está aumentando a confiança do público e fortalecendo sua reputação. Esse é um dos primeiros passos para se tornar referência e passar credibilidade para o seu mercado. Pense: se você teve uma boa ideia, pensou no nome e na construção da imagem, por que não fazer o registro de marca? 

É por meio do registro que você conseguirá a exclusividade que precisa para divulgar seus produtos ou serviços e toda a identidade visual que planejou. Com isso, você também pode tornar a sua imagem marcante na cabeça das pessoas e se proteger legalmente. 

Saiba que fazer o registro de uma marca não é uma atividade apenas de grandes empresas, pois isso independe do tamanho ou formato do negócio. Inclusive, se você for MEInão só pode como deve registrar a sua marca o quanto antes! 

Já imaginou ter uma ideia brilhante, fazer a divulgação do seu trabalho, se tornar referência no seu meio, mas perder o nome da marca que você tanto queria porque alguém foi mais esperto e registrou antes o mesmo nome que você pensou? Frustrante, né? 

Percebeu como a imagem da marca e a reputação se relacionam, e como uma boa gestão (branding) também leva à utilização correta e inteligente da marca por meio do seu devido registro? Aproveite as lições que você aprendeu aqui e pratique no seu negócio o quanto antes! 

Ficou interessado em dar os primeiros passos e registrar a sua marca mas tem dúvidas sobre como funciona? Não se preocupe, pois temos um artigo para explicar todos os passos. Não deixe de conferir! 



O que você quer fazer hoje?

Quero verificar se a minha marca está disponível para registro no INPI 
Já estou pronto(a) para iniciar o registro no INPI